Nos Trilhos

ALEXANDRE FARAH, UM EMPREENDEDOR NA ÁREA DE TRANSPORTES


Ao assumir a Central Alexandre Farah encontrou um quadro caótico: trens degradados pelo tempo, vagões depredados por vândalos, falta de limpeza e segurança nas estações, falta de pontualidade das composições e a insatisfação total dos passageiros, que na época chegavam a 145 mil por dia.

Com muito trabalho e dedicação, ao fim de seu mandato Alexandre mudou a cara da Central, deixando como legado um sistema eficiente e capaz de atender com excelência os 500 mil passageiros que utilizavam o transporte diariamente.

No METRÔ, Alexandre participou das negociações para obter recursos para iniciar obras de extensão para a Siqueira Campos e começar o Programa de Recuperação Operacional (PRO) das linhas 1 e 2, que estavam com contratos paralisados há anos e, ainda na sua gestão inaugurou, com êxito, as estações Siqueira Campos e Cantagalo, ambas em Copacabana.




Conheça um pouco mais sobre o trabalho de Alexandre Farah em cada setor: